Photo Leandro Viena

I’m a visual artist deeply interested in Bio Art and have a master's degree in Textile Futures at Central Saint Martins, London UK.

After living in New York for 4 year, in 2016 I decided to return to my hometown, Rio de Janeiro, to deepen my research through the art residency Despina, which is known by its wide network of curators who help residents to think and rethink their projects.

Then the year after I was invited to go to the mountains of Romania to be part of another artist immersion promoted by In Context - Slanic Moldova. Yet it was during my first art residency at SVA - BioArt From the Laboratory to the Studio in 2015 that I begun working on AfterLife concept.

Either if it is through living materials, sculpture, photography, drawing, or installation my work is mostly inspired by elements of nature versus the idea of time passage. In that sense, my research consists in observing the marks on the surface of plants and human skin in the course of their life cycle that evidence traces of stories, experiences, contacts or traumas. Through this process I invite the audience to take a closer look at life in the perspective of impermanence.

 

Sou uma artista visual profundamente interessada em Bio Arte com  diploma de mestrado em Design Têxtil na Central Saint Martins, em Londres. 

Depois de viver por 4 anos em Nova Iorque, em 2016 retornei a minha cidade natal, Rio de Janeiro, para aprofundar minha pesquisa durante a residência artística Despina que é conhecida por contar com um farto grupo de curadores que ajudam os artistas a pensar e repensar seus projetos.

No ano seguinte fui convidada para ir às montanhas da Romênia fazer parte de outra imersão artística promovida por In Context - Slanic Moldova. Porém foi durante a minha primeira residência na SVA - BioArt From the Laboratory to the Studio em 2015 que eu iniciei o conceito de pesquisa AfterLife.

Seja usando materiais vivos, esculturas, fotografia, desenho ou instalação, meu trabalho é sempre inspirado por elementos da natureza versus a ideia da passagem do tempo. Nesse sentido, minha pesquisa consiste na observação de marcas nas superfícies das plantas e na pele humana durante todo o ciclo da vida que evidenciem vestígios de histórias, experiências, contatos ou traumas. Por meio desse processo, eu convido o espectador a olhar mais de perto à vida pela perspectiva da impermanência.

Photos - Leandro Viana

CONTACT

+55 21 99196 1073
+1 347 727 8031
liana@liananigri.com