Passages, Mothering

Em ‘Passages’ Liana junta duas gerações, mãe e filha, e tenta realizar o impossível desejo humano de congelar o tempo e relações. Então, o poder da impermanência derrete e transforma essa união em duas figuras separadas com suas próprias marcas e formas, diferentes partes do mesmo todo.

With ‘Passages’ Liana puts together two generations, mother and daughter, and intends to realize the impossible human desire of freezing time and relationships. Then the power of impermanence melts it down and transform this union into two separate forms with its own marks and shapes, different parts from the same whole.